Notícias de Musculação

O cavalinho remada – Execução correta do Exercício.

O cavalinho remada, também conhecido como “barbell bent-over row” em inglês, é um exercício altamente eficaz para fortalecer a musculatura das costas, ombros e braços.

O cavalinho remada é um exercício altamente eficaz que visa fortalecer os músculos das costas, ombros e braços.

Ao executar o cavalinho remada, você está trabalhando principalmente o latíssimo do dorso, trapézio, deltoides posterior, rhomboides, bíceps braquial e os eretores da espinha.

Este exercício não apenas aumenta a força e a definição muscular nessas áreas, mas também melhora a postura e a estabilidade do tronco.

É um componente valioso de qualquer programa de treinamento de força, tanto para iniciantes quanto para atletas avançados.

Discutiremos os principais músculos envolvidos neste movimento, juntamente com dicas práticas para maximizar os benefícios e evitar lesões.

Execução Correta do Cavalinho Remada

A execução correta do cavalinho remada é essencial para maximizar seus benefícios e evitar lesões. Siga estas etapas para garantir uma técnica adequada:

Posição Inicial: Fique em pé, segurando uma barra com as mãos na largura dos ombros, mantendo as palmas viradas para baixo.

Mantenha os joelhos levemente flexionados e a coluna vertebral em posição neutra.

Flexão do Quadril: Dobre os quadris para a frente, inclinando o tronco para a frente em um ângulo de cerca de 45 graus em relação ao chão.

Mantenha as costas retas, sem curvar a região lombar.

Flexão dos Cotovelos: Com os braços estendidos, puxe a barra em direção ao abdômen, mantendo os cotovelos próximos ao corpo.

Concentre-se em contrair os músculos das costas durante todo o movimento.

Contração Máxima: Faça uma pausa quando a barra estiver próxima ao abdômen, sentindo a contração máxima dos músculos das costas.

Mantenha os ombros para trás e para baixo durante toda a movimentação.

Extensão dos Cotovelos: Lentamente, estenda os cotovelos para retornar a barra à posição inicial, mantendo o controle do movimento.

Evite balançar o corpo ou usar impulso excessivo.

Respiração Adequada: Inspire enquanto abaixa a barra e expire enquanto a levanta, mantendo a respiração controlada durante todo o exercício.

Controle e Ritmo: Mantenha um ritmo suave e controlado durante toda a série de repetições, evitando movimentos bruscos ou rápidos.

Cavalinho remada- Principais Músculos Trabalhados

Os principais músculos trabalhados durante o cavalinho remada:

Músculo Função durante o Cavalinho Remada
Latíssimo do dorso Principais responsáveis pela adução do braço (puxar o braço em direção ao corpo) e extensão do ombro. Contribuem para a amplitude e força do movimento.
Trapézio Auxiliam na adução do ombro e na elevação da escápula, estabilizando a parte superior das costas durante o movimento.
Deltoides posterior Auxiliam na extensão do ombro, especialmente quando a barra é puxada em direção ao abdômen.
Rhomboides Responsáveis pela retração da escápula, ajudando a estabilizar os ombros e a parte superior das costas durante o movimento.
Bíceps braquial Agem como sinergistas, auxiliando na flexão dos cotovelos durante a fase concêntrica do movimento.
Erectores da espinha Estabilizam a coluna vertebral durante a flexão do quadril e mantêm a postura correta durante o exercício.

Variações do cavalinho remada

Existem várias variações do cavalinho remada que podem ser incorporadas ao seu treino para adicionar variedade e desafio. Aqui estão algumas delas:

Cavalinho Remada com Barra T-Row: Em vez de puxar a barra em direção ao abdômen, você pode realizar a remada em uma barra fixada em um suporte, imitando a forma de uma letra “T”.

Isso pode enfatizar mais os músculos das costas médias e superiores.

Cavalinho Remada com Halteres: Em vez de usar uma barra, você pode realizar o exercício com halteres.

Isso permite maior amplitude de movimento e pode ajudar a corrigir desequilíbrios musculares, já que cada lado do corpo trabalha de forma independente.

Cavalinho Remada com Pegada Supinada: Variação em que as palmas das mãos ficam viradas para cima, conhecida como pegada supinada.

Isso muda o foco do exercício para os músculos do braço, como o bíceps, além de envolver mais os músculos das costas médias.

Cavalinho Remada Unilateral: Nesta variação, você realiza o exercício com um braço de cada vez.

Isso pode ajudar a corrigir desequilíbrios musculares e melhorar a estabilidade do tronco.

Cavalinho Remada Inclinado: Realize o exercício em um banco inclinado, com o tronco inclinado para frente em um ângulo de aproximadamente 45 graus.

Isso enfatiza mais os músculos das costas superiores e médias.

Exercícios que podem substituir o cavalinho remada

  •  cavalinho remada, aqui estão algumas opções que visam trabalhar os mesmos grupos musculares:

Pull-ups ou Chin-ups: Excelente exercício composto que trabalha os músculos das costas, braços e ombros de forma eficaz.

Puxada na Polia Alta (Lat Pull-down): Similar ao pull-up, mas realizado em uma máquina de polia alta, permitindo ajustar o peso conforme necessário.

Remada Sentado na Máquina (Seated Cable Row): Trabalha os músculos das costas de forma isolada, oferecendo suporte lombar e estabilização durante o movimento , remada baixa.

Remada Curvada com Halteres (Bent-over Dumbbell Row): Variação similar ao cavalinho remada, mas realizada com halteres, oferecendo maior amplitude de movimento e estabilização.

Essas são apenas algumas opções de variações do cavalinho remada e exercícios substitutos que você pode experimentar em seu treino.

Perguntas Frequentes sobre o Cavalinho Remada

Qual é a diferença entre o cavalinho remada com barra e com halteres?

O cavalinho remada com barra envolve ambas as mãos segurando uma barra, enquanto o cavalinho remada com halteres é realizado com um haltere em cada mão, permitindo maior liberdade de movimento e estabilização.

Posso fazer cavalinho remada se tiver problemas nas costas?

Se você tiver problemas nas costas, é importante consultar um profissional de saúde antes de realizar o exercício. Eles podem fornecer orientações específicas com base em sua condição individual.

Com que frequência devo incluir o cavalinho remada em meu treino?

A frequência ideal depende dos seus objetivos de treinamento, nível de condicionamento físico e programação geral de exercícios.

Geralmente, incluir o cavalinho remada duas a três vezes por semana pode ser eficaz para a maioria das pessoas.

O cavalinho remada é seguro para iniciantes?

Sim, desde que seja realizado com a técnica correta e um peso adequado, o cavalinho remada pode ser seguro e eficaz para iniciantes.

É importante começar com um peso leve e progredir gradualmente à medida que ganha confiança e força.

Conclusão:

Em conclusão, o cavalinho remada é um exercício altamente benéfico para fortalecer os músculos das costas, ombros e braços sua execução correta e consistente pode levar a uma melhoria significativa na força, postura e estabilidade do tronco.
Ao incorporar o cavalinho remada em seu programa de treinamento de força, você estará investindo em sua saúde e bem-estar geral.

Lembre-se sempre de consultar um profissional de saúde ou um personal trainer antes de iniciar qualquer novo programa de exercícios, especialmente se você tiver alguma condição médica pré-existente.

Veja Também : remada invertida no smith machine.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias de Esporte

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Aviso: o site faz uso de cookies que contem informações de rastreamento sobre os visitantes.